Resumidamente

Córtex entorrinal: revelamos seus segredos

Córtex entorrinal: revelamos seus segredos

O córtex entorrinal Ele está localizado no lobo temporal medial e serve como um conector entre o hipocampo e o neocórtex. Desempenha funções extraordinariamente importantes para a consolidação da memória autobiográfica (aquela que nos permite saber quem somos). Da mesma forma, está envolvido em processos de memória declarativa, processual e espacial.

Além disso, acredita-se que notavelmente influencia a consolidação da memória e sua otimização durante o sono. Sem dúvida, essa pequena área anatômica, pouco conhecida, é de relevante relevância em relação à nossa funcionalidade executiva e cognitiva. Vamos dar uma olhada.

Importância e características do córtex entorrinal

Intimamente conectado com o hipocampo, o armazém mais profundo de nossa memória, ele também possui uma infinidade de conexões com diferentes áreas do cérebro. Acima de tudo, ele se conecta a importantes vias sensoriais, como a visual e a olfativa. Além disso, está relacionado às estruturas do lobo frontal, parietal e temporal.

No entanto, o mais importante é que o córtex entorrinal Atua como um conector entre o hipocampo e outras áreas do cérebro. Quer dizer, Serve como estação de passagem e filtro ou distribuidor de informações que entram e saem.

O córtex entorrinal, sendo parte integrante do sistema límbico, recebe aferências da amígdala, dando lembranças do caráter emocional tão característico.

Um exemplo dessa função é chamado fenômeno de congruência emoção-pensamento. Ou seja, quando estamos tristes, costumamos lembrar os tristes eventos de nossa etapa. O oposto acontece quando estamos felizes. Da mesma forma, a memória consciente de certos tipos de eventos felizes ou tristes pode influenciar nosso estado emocional. Esse fato seria uma evidência mais cara da validade da psicologia cognitiva.

Funções do córtex entorrinal

A importância dessa pequena estrutura é notória, Permite executar e integrar um bom número de funções cognitivas, sem o qual nossa experiência consciente e intencional seria grandemente diminuída, a saber:

É um conector

De fato conecta o hipocampo a outras estruturas do sistema límbico e ao neocórtex, permitindo uma experiência ampla e detalhada dos eventos armazenados na memória. Isso lhes dá significado, os coloca no tempo e no contexto, Isso lhes dá significado e os envolve com conteúdo emocional.

Reforçar a memória

Experimentalmente, sabe-se que lesões no córtex entorrinal impedem, impedem e consolidam memórias, produzindo amnésia.

Portanto, a importância dessa estrutura para a consolidação e fortalecimento das memórias é fundamental. Da mesma forma, é conhecido por ser ativo durante o sono, especialmente durante Fase REM, que permite consolidar as lições aprendidas durante a vigília em nossas horas de descanso noturno.

O poder da gnose

O córtex entorrinal Além de consolidar aprendizado e memórias, também participa do reconhecimento de estímulos. Está intimamente ligado à memória semântica, que nos diz exatamente o que vemos, ouvimos, tocamos, cheiramos, experimentamos ... Essa qualidade nos permite reconhecer as coisas que nos cercam e colocá-las em contexto No mundo externo.

Associações multimodais

o córtex entorrinal Tem um poder associativo importante. É capaz de integrar informações auditivas e visuais, produzindo uma experiência sensorial mais completa e profunda da realidade.

Orientação espacial

Essa pequena estrutura também nos permite focar especialmente, apesar do lobo parietal. Isso nos permite estabelecer relações entre estímulos externos e memória, promovendo a criação de mapas mentais, que nos permitem memorizar itinerários e saber para onde estamos indo ou que direção devemos tomar.

O poder dos cheiros

Todos nós já experimentamos ... há cheiros que evocam memórias. Você sabia que o córtex entorrinal está diretamente envolvido nesse fenômeno? Especificamente é capaz de codificar a intensidade dos odores e associá-los a memórias específicas.

Dessa forma, um cheiro específico pode nos fazer recuperar um evento de nossa vida que pensávamos ter sido esquecido, com uma quantidade incrível de detalhes. Podemos testemunhar novamente sobre experiências e memórias que pensávamos estarem perdidas para sempre.

Conclusões sobre o córtex entorrinal

Em conclusão, o córtex entorrinal É uma pequena estrutura sem a qual nossa experiência consciente e inconsciente, nossas habilidades cognitivas e funções executivas seriam seriamente afetadas. Sua função é servir como um conector e trabalhar de maneira multimodal na integração de sensações, emoções, memórias e pensamentos.

Referências

  • Capdevila, V., Almaguer-Melian, W., Rosillo-Martí, J. C., Vallejo, A., Sánchez, M. R., & Bergado-Rosado, J. A. (2003). Estudo comparativo entre lesão bilateral do córtex entorrinal e fimbriafórnix.Revista Neurology37(7), 619-622.
  • Pepper, H.J. (2004). O córtex cerebral além do córtex.Revista Colombiana de Psiquiatria33(1), 58S-75S.
  • Solís, H. & López-Hernández, E. (2009). Neuroanatomia funcional da memória.Arquivos de Neurociência14(3), 176-187.