Comentários

Conhece-te a ti mesmo

Conhece-te a ti mesmo

Conhece-te a ti mesmo É uma frase que apareceu no santuário de Apolo em Delfos. Tornou-se popular em sua forma latina como Nosce te ipsum.

Neste artigo Oferecemos algumas chaves introspectivas para refletir sobre você e ajudá-lo a fazer as perguntas certas para saber quem você realmente é.

A realidade é que nós nos ignoramos completamente. A maioria das pessoas vive fora de sua própria realidade interior, o que muitas vezes leva a erros e crises vitais. De fato, parece que queremos compensar essa falta de profundidade vivendo "externamente". Ou seja, deixar-se levar pelo materialismo e pelo hedonismo, pelo corpo, pelo físico e pelo terreno.

Contudo, em muitas ocasiões, vemos que, para encontrar o Santo Graal de felicidade e satisfação com a vida, muitas vezes uma pessoa deve fazer uma jornada em direção ao autoconhecimento. Abrace o universo dentro de si. Como dizia um velho ditado clássico: "Conheça a si mesmo e você saberá tudo".

Conheça a si mesmo através dessas chaves

1. O que eu sou?

  • Um ser humano, não uma coisa. Eu sou um sujeito, não um objeto. Portanto, livre, com capacidade volitiva e discernimento. Da mesma forma, com os recursos necessários para realizar ações e modificar meu ambiente imediato.
  • Eu sou um ser racional. Portanto, sou dotado de razão. Meu pensamento pode se traduzir em idéias e representações concretas.
  • Um ser simbólico. Todos nós interpretamos nossa realidade simbolicamente. Todos nós perseguimos mitos, sonhos. Que arquétipo você busca consciente ou inconscientemente?
  • Eu sou um ser sexuado, homem ou mulher, mas que integra elementos de ambos os sexos em seu ser: Humor e Humor
  • Um ser consciente, também dotado de autoconsciência (ele conhece sua própria existência). Todos nos fazemos perguntas transcendentais sobre nós mesmos e a realidade que nos rodeia
  • Eu sou um ser emocional, expressivo, quem quer conhecer e entender o universo

2. Como eu estou?

Você deve se perguntar do que você é feito, quais são os elementos que compõem sua realidade pessoal.

  • Você é um ser triádico com três planos, que são: Corpo, Alma e Espírito
  • A alma (Psique) também é formada de forma triadica: Memória, Inteligência e Vontade

Na essência humana, está imbuído na essência do natural e do sobrenatural; O absoluto e o relativo. Qual é o último?

  • O absoluto representa o infinito e eterno, o Ser, o transcendente, a essência
  • Parente representa o temporário, o perecível, o condicionado, o fenomenológico

O Espírito é o mais profundo do Ser; É o seu centro, o seu núcleo mais sagrado. Pelo contrário, o físico e o psicológico são o superficial, o volátil.

Quanto ao eu pessoal, temos:

  • The Great Me: qual é o seu verdadeiro eu; isto é, o espiritual, transcendente e eterno
  • O ego: É seu eu falso. É pequeno, ilusório, efêmero, nada confiável

Uma das maiores tragédias do nosso tempo é que muitas pessoas não sabem distinguir entre o verdadeiro eu e o falso eu. E, o que é pior, muitos se identificam e se definem sob o falso eu. São pessoas que não se conhecem, são superficiais e vivem para fora. Há um ditado viking que diz:

Quanto menos interna a pessoa é, mais externa sua vida se torna. Quanto mais as pessoas perdem sua parte interior, mais extravagantes são suas manifestações externas, e também o governo, as leis e o culto (eles emergem como idéias separadas)

3. onde eu estou?

Eu estou dentro da Criação, de uma Ordem Universal. Portanto, sou parte do cosmos. Eu sou um microcosmo. Conhece-te a ti mesmo Com estas perguntas: Por que estou aqui? Quem me trouxe a este mundo?

Você deve saber que existe um lugar para você nesta Ordem Cósmica. No entanto, você deve encontrar sua posição dentro dela. Portanto, você deve se lembrar que o Cosmos está presente em você e que você deve viver em harmonia com ele.

Você deve ter em mente, nos bons tempos e nos momentos de fraqueza que você faz parte da humanidade. E, como tal, você ocupa, juntamente com os outros, uma posição central na existência, por o ser humano é o intermediário entre Deus e o mundo. Portanto, o ser humano tem a missão de serviço universal.

4. Qual é a minha maneira de ser? Porque sou assim?

Você deve se perguntar:

  1. Como minha personalidade é configurada e quais elementos a compõem?
  2. Como estou no presente? Como foi no passado? Finalmente, como vou estar no futuro?
  3. O que devo fazer para ser como deveria?

Você precisa conhecer duas realidades fundamentais: Sua pessoa e sua vida. Você precisa se preocupar em conhecer e trabalhar em ambos os aspectos. Por outro lado, você tem que ser quem você é e quem você é chamado para ser. Para fazer isso, considere as seguintes facetas:

  • Temperamento: parte herdada da personalidade
  • Caráter: parte da personalidade forjada na interação com o meio ambiente
  • Vocação: o que te atrai e te excita
  • Competências: o que você faz melhor
  • Atitudes: sua vontade de agir
  • Treinamento, cultura, instrução
  • Valores
  • Mentalidade ou visão de mundo
  • Introspecção pessoal: como eu me vejo
  • Análise do ambiente: como vejo meu contexto e outros

5. Conheça a si mesmo, perguntando-se: Como estou aqui? Qual é o meu papel nisso tudo?

Para o ser humano, que é um ser itinerante neste mundo mundial, nada é definitivo. Mudança é a única constante na vida. No entanto, todos seguimos um caminho, mas: Onde está o caminho que você está seguindo? Qual é o caminho que você deve seguir?

A questão fundamental é que você precisa encontrar seu próprio caminho e, se isso não existir, torná-lo. Felizmente ou infelizmente ninguém pode trilhar o caminho para você. No entanto, não é tão terrível quanto parece. Afinal, todo mundo tem que fazer isso mais cedo ou mais tarde.

Agora pergunte a si mesmo:

  • De onde venho?
  • Onde vou?
  • O que vim fazer na vida?

Sua missão é o seu caminho. Você deve ter em mente que você vem da Eternidade e vai para a Eternidade. Portanto, ser um com Deus (bom, ser, o caminho) é seu objetivo final. Você vem do Self e tende para o Self. A vida é a busca pelo ser.

Sua vida é seu próprio projeto

Por cima de tudo, Você tem que encontrar sua vocação e seu destino:

  • O que você quer fazer da sua vida
  • O que e como você quer ser
  • Como voce quer viver
  • Para quais objetivos você direcionará sua vida

6. quem sou eu

O objetivo fundamental aqui é descobrir sua própria identidade, sua verdadeira essência, sua natureza. Você pode começar a fazer essas perguntas:

  • Quem sou eu realmente
  • O que o Ser está por trás do meu nome, meu corpo
  • Quem é o indivíduo que agora está lendo estas linhas
  • O que me faz do jeito que sou
  • O que me faz vivo
  • O que ou quem me mantém vivo e em que sentido

Nosce te ipsum e nasces universum et deos: Conhece-te a ti mesmo e você conhecerá o universo e os deuses.

Referências

Medrano, A. (1996).Luz de Tao. Yatay

Medrano, A. (2002).O caminho da honra. Yatay

Medrano, A. (1996).Magia e mistério da liderança: a arte de viver em um mundo em crise. Yatay